Alguns produtos de limpeza podem fazer mal à saúde; conheça alternativas

Alguns produtos de limpeza podem fazer mal à saúde; conheça alternativas
Avalie esse post!

Se utilizados de forma errada ou misturados sem critérios, esses produtos podem fazer mal à saúde
Morar numa casa limpa não só é saudável, mas extremamente prazeroso. No entanto, o uso indiscriminado de alguns produtos químicos de limpeza pode afetar a saúde dos moradores. “Os produtos mais perigosos são os que matam fungos e bactérias. Para serem eficientes, eles contêm substâncias químicas que, se não forem manipuladas da forma correta, podem representar riscos para quem os utiliza”, alerta o médico Anthony Wong, diretor do Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Detergentes para máquina de lavar louça e amaciantes de roupa são alguns dos itens que inspiram cuidados. “Eles contêm amoníaco, substância que libera o gás de amônia quando aquecida. O amaciante pode até causar irritações nos olhos e na pele e desencadear problemas no sistema respiratório”, explica Rodrigo Cella, químico e professor da FEI.

A água sanitária, que contém hipoclorito de sódio, é outra vilã. Mesmo em baixa concentração, ela libera o gás cloro, capaz de provocar irritação das vias aéreas, lacrimejamento e dores de cabeça, e de piorar um quadro asmático já existente. “Em locais fechados e com pouca ventilação, a inalação deste produto pode provocar intoxicação. Durante o uso, é fundamental ter ar circulando, mesmo que ele venha de um ventilador”, recomenda o médico Marcelo Vinicius Pereira Veloso, do Serviço de Toxicologia de Minas Gerais.

Por conterem uma mistura altamente corrosiva de soda cáustica e nitrato de potássio, os desentupidores de ralo também entram na lista dos produtos perigosos, assim como solventes como o querosene. “Além de serem inflamáveis, eles também podem causar irritações na pele e nos olhos”, aponta Wong. Até com os desodorizantes de ambiente é preciso cuidado. Grande parte deles apresenta em sua composição paradiclorobenzeno que, além de irritar pele e mucosas, pode provocar alergias respiratórias e também está associado a danos no fígado e no sistema nervoso.

Misturas perigosas

produtos de limpezaOutro grande risco na limpeza doméstica é misturar produtos diversos. Por não conhecer os ingredientes de cada um, corre-se o risco de criar compostos extremamente nocivos.

Um exemplo claro é a mistura de água sanitária com amaciante, bastante comum na lavagem das roupas. “Juntos, os componentes destes dois produtos liberam cloroaminas, gases facilmente aspirados e absorvidos pelo corpo”, destaca Cella. As consequências vão desde irritação na pele e nos olhos até sangramentos e danos severos no fígado e nos rins.

Combinações literalmente explosivas também podem surgir a partir do uso de vários produtos juntos. É o caso do nitrato de potássio, presente em desentupidores de pia, com o amoníaco, componente dos detergentes.

Basta saber usar
Para passar longe das complicações, a regra é uma só: ler os rótulos dos produtos e obedecê-los. Seguindo à risca as instruções do fabricante nos beneficiamos da eficiência dos produtos mais modernos, sem correr risco de danos à saúde ou ter de excluí-los da despensa.
A ressalva fica para os produtos feitos de maneira caseira e vendidos sem rótulo. “A economia, neste caso, não compensa. A maioria dos compostos utilizados nessas fórmulas é de péssima qualidade e eles acabam não promovendo uma limpeza adequada. Sem contar o risco que se corre por não saber o que há naquela mistura e o danos que pode causar à saúde”, afirma Wong.

 

São por esses motivos que a Sentax trabalha com os líderes em produtos de limpeza.
Conheça nossos produtos!

 

Fonte: Uol Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*